• Ana Bento

Quem és tu ?

Quem és tu? Porque estás aqui? Qual é o teu propósito e o teu destino? Achas que és uma criatura nascida apenas por coincidência para viver durante um tempo e depois não ser mais nada? A sério? O que te faz pensar que nunca viveste antes? Porquê agora? E porquê tu?


Tu viveste neste plano milhares de vidas e chegaste e partiste como um vento inconstante. Viveste cada rosto, cada cor, cada credo, cada religião. Fizeste a batalha e foste combatido. Foste rei e servo. Foste marinheiro e capitão. Foste conquistador e conquistado. Foste tudo o que há para ser e em todos os teus momentos históricos. Por quê? Com o propósito de sentir, com o propósito da sabedoria, com o objetivo de identificar o melhor mistério de todos os tempos – TU.

De onde achas que vieste? Achas que és apenas um simples aglomerado de massa celular que evoluiu a partir de uma única célula? Então, quem é esse que parece tão atento por trás dos teus olhos? Qual é a essência que te dá a tua singularidade e personalidade, o teu caráter e entusiasmo, a tua capacidade de amar, de abraçar, de ter esperança, de sonhar e o incrível poder de criar? E como é que tu acumulaste toda a inteligência, todo o conhecimento, toda a sabedoria que mostras, mesmo enquanto criança? Achas que te tornaste no que és apenas numa vida que corresponde apenas a um segundo da eternidade?


Tudo o que és, assim te tornaste na vastidão do tempo vivendo vida após a vida após a vida após vida. - "O Livro Branco"