• Ana Bento

Auto Regressão? Porque não?





A Auto Regressão é um método perfeitamente seguro e estás sempre consciente o que te permite interromper o processo a qualquer momento, basta para isso abrires os olhos e esperar um pouco antes de te levantares.

A Auto regressão não funciona como uma terapia nem promove a cura caso tenhas algum problema. Para isso é necessário um terapeuta para te guiar e proporcionar a cura de que precisas.

Isto é apenas o levantar do véu para que percebas como é fazer uma regressão e desmitificar um pouco o processo da regressão.

A tua energia engloba tudo o que já foste e és nesta vida e em vidas anteriores, sejam vidas passadas na terra, numa outra dimensão ou mesmo em vidas paralelas.

Recordar os atributos positivos e a sabedoria de outras vidas permite-te adicionar esses conhecimentos na tua vida atual e dar assim continuidade a um trabalho de séculos ou mesmo milénios caso sejas uma alma antiga.

Poderás assim, finalmente, encontrar o teu “caminho” nesta vida.

Segue estes passos simples e faz uma Auto Regressão:

Escolhe um lugar calmo onde estejas deitado ou recostado e onde saibas que ninguém te vai interromper. Caso haja a possibilidade de algum ruido de rua coloca uma musica relaxante, mas com o som baixo, apenas o suficiente para “mascarar” os sons exteriores. Coloca uma manta a cobrir o teu corpo para não sentires frio pois ao fim de algum tempo deitado o teu corpo baixa a temperatura naturalmente. A luz do local deve ser ténue e não deve estar direcionada para a tua cara.

Agora que estás deitado ou recostado e bem confortável vamos relaxar a mente e o corpo. Fecha os olhos e começa a pensar no teu corpo e a imaginar como estás relaxado. Pensa separadamente em cada parte do corpo. Vai pensando “as minhas pernas estão completamente relaxadas, os meus pés estão completamente relaxados…” ao mesmo tempo que imaginas cada parte do corpo. Começas assim a relaxar e a sentir o corpo mais pesado. Enquanto fazes este exercício aproveita para respirar profunda e lentamente várias vezes.

Agora imagina-te num local muito bonito, pode ser uma praia, o campo, um jardim, tu escolhes. Olha com atenção para os pormenores á tua volta, vê as cores, sente o cheiro e a temperatura do ar e vai caminhando pelo local. Imagina agora um caminho no local onde estás e anda ao longo desse caminho. Enquanto andas olha para os teus pés e faz uma contagem dos passos que dás, mas uma contagem decrescente de 10 até 1, ou de 15 até 1 e pensa que quando chegares ao numero 1 vais estar em transe profundo e que vais chegar ao uma vida passada onde foste muito feliz.

Quando terminares este processo olha á volta e observa com atenção o que está á tua volta (“apanha” qualquer imagem que te venha á cabeça e observa os pormenores, mesmo que a imagem não faça sentido algum). Agora olha de novo para os teus pés e depois para o teu corpo.

Depois de explorares tudo o que estiveres a ver, volta pelo caminho que fizeste antes e faz uma contagem crescente de 1 a 10 e pensa que quando chegares ao 10 estás outra vez no momento presente. Abre os olhos e espera um pouco para te levantares.

Achas que foi tudo a tua imaginação? Não, não foi.

Nos próximos tempos vais lembrar-te cada vez mais dos pormenores e tenta perceber a ligação do que viste com alguns detalhes da tua vida atual, vais perceber com certeza de algumas sincronias. (por exemplo se a tua vida passada foi no Egipto percebes agora porque em criança sempre quiseste visitar o Egipto).


O mais difícil será não repetir a experiência.